8 passos para descobrir o seu caminho



Descobrir o que fazer da vida. Quantas vezes já ouvimos ou lemos essas frases? “Corra atrás dos teus sonhos,” “Siga o seu próprio caminho.”, “Faça o que ama.” Acredito que muitas vezes. Pois, são ideias maravilhosas, mas não significam nada se não definimos os nossos sonhos, não sabemos o que fazer da vida, não encontramos o nosso caminho ou não sabemos ao certo o que realmente amamos fazer.


Por isso o primeiro passo é atrever a ter os teus próprios sonhos, traçar o próprio caminho e determinar aquilo que realmente amas. Só que para muitos não é fácil, principalmente quando não sabem o que verdadeiramente o apaixona. E não conseguimos correr atrás de um sonho que nem nós sabemos o que é.


E também acredito que já leste por aí que para alcançar metas é preciso disciplina, concentração e compromisso. Mas é muito mais simples do que isso. Porque mesmo que seja difícil admiti-lo, a maioria das pessoas não triunfa na vida simplesmente porque não sabe o que fazer com ela.


Por isso a solução para ter uma vida de sucesso começa por determinar qual é a tua verdadeira paixão e que te move. E como fazer isso? A seguir apresento a resposta para essa pergunta, os 8 passos para descobrir o que fazer da vida.


Desenvolver uma visão da sua vida nos próximos 5 anos


Seja qual for a situação, imagina que todos os teus sonhos tornaram realidade nos últimos anos. Então apanhe um lápis e papel ou num documento no computador e escreve tudo o que vier a cabeça com relação como seria a tua vida.


Escreva durante 10 minutos (podes usar um timer para controlar o tempo), sobre aspectos como: a hora de levantar, quanto dinheiro deve ganhar, como será o teu trabalho, com que tipo de pessoas vai querer se relacionar, como será a tua casa, o que vai comer, que tipo de vida vai ter e como vai se sentir.


Atenção, isso não é um exercício de como está se sentindo agora, e sim sobre como estaria nos últimos anos os teus sonhos tivessem tornado realidade.


Ler livros de desenvolvimento pessoal e aplicar o que faz sentido


A leitura de um bom livro de desenvolvimento pessoal é muito poderoso, e sempre que for capaz de anotar e colocar em prática as ideias encontradas nesse livro. Porque apenas ler não vai mudar nada se não aplicar os conselhos do livro.


E também de fato não vai servir de nada comprar o livro de deixá-lo em cima de uma mesa ou numa estante, a espera que algo aconteça. Isto pode parecer ridículo, mas é verdade e ficaria surpresa(o) em saber da quantidade de pessoas que o fazem. E também existem muitos que compram o livro pelo título e depois não o abre.

Agora pense, se o título é inspirador, imagina o conteúdo desse livro?


Veja assuntos que fazem sentido para você: autoconhecimento, inteligência emocional, resiliência, criatividade, PNL, meditação, mindfulness, etc.

Desde que comecei a ler livros de desenvolvimento pessoal e a colocar em prática, a minha vida deu uma volta enorme. E a cada dia vou aprendendo mais sobre mim e aparece sempre um livro certo na hora certa.


Fazer voluntariado


Participar em trabalhos de voluntariado vai te permitir conhecer outras pessoas, se sentir motivada(o) e mais positiva(o). Além disso, vai te ajudar a descobrir em você aspectos que talvez não conhecia, e a encontrar sentido em coisas que antes nem te tinha passado pela sua cabeça. E acima de tudo ajudar quem mais precisa, preenche o vazio interior que muitas vezes nos assombra.


PraticaR aquela paixão adiada


Com certeza, todos já quisemos fazer algo alguma vez na vida. Mas nem todos tivemos a coragem de fazer. Os motivos podem ser vários, desde o clássico “não tenho tempo” ao “o que vão dizer” ou o “como eu vou fazer isto a esta altura da vida”.


Por isso não deixe passar mais tempo e começa a fazer ainda hoje. Se algo lhe chama a atenção, é por alguma razão. Portanto deixe de negar os seus sentimentos  e dê o ponta pé inicial. Permita-se o novo.


Siga pessoas que lhe inspiram


Identifique pessoas que goste e que te inspiram; leia suas publicações, veja vídeos, participe de lives, leia livros dessas pessoas.

Não feche suas redes sociais apenas para saber dos "babados" alheios. Existem muitas pessoas compartilhando conteúdo e muito conhecimento valoroso internet a fora.


RespoNda a pergunta “o que eu quero fazer?”


Atreva-se a responder a essa pergunta, sem limites: "O que eu quero fazer da minha vida?" E não te reprima por isso. Não se desculpe. E não vale responder “eu gostaria de fazer isto mas não pode porque…”. Não tenha medo, tenha planejamento, coragem e atitude.

Nunca é tarde, nunca é impossível, talvez você só tenha que tentar mais uma vez.


Identifique seus medos


Sabe o que te assusta? Então se permita conhecê-los. Porque quando enfrentamos os nossos medos descobrimos coisas muito interessantes sobre a nossa personalidade.

E, surpreendentemente, isto provoca em nós um grande sentimento de autoconfiança, a mesma que se produz quando estamos muito felizes com uma conquista.


Além disso, identificar esses medos também irão te ajudar a encontrar propósito e mais significado. É o primeiro passo para superar os limites auto impostos que nos intimidam.


Pense no que aconteceu como uma forma de aprender


Seja o que for que te aconteceu, de bom ou mau, sempre pense no que pode tirar de lição disso e no que a forma como enfrentou a situação diz sobre você.


Se é capaz de aprender coisas em cada situação, cada vez terá mais clareza em relação ao que quer fazer da tua vida.


Esses foram os 8 passos e espero que de alguma forma possam te ajudar!


CONHEÇA 50 TÉCNICAS DE AUTOCOACHING QUE O AJUDARÃO A MUDAR SUA VIDA E CONQUISTAR SEUS OBJETIVOS + SUPER BÔNUS

  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest
  • Instagram

euescolhoevoluir@gmail.com

© 2020 | Eu Escolho Evoluir